15 de abr de 2011

É tudo cena!


Chorei sim, falei alto e mandei todo mundo tomar naquele lugar.
Inventei o amor, apaguei o carinho e me fiz ser visto.
Não fiz tipo, fiz cena.
Sou assim, vivo assustando todo mundo com esse negócio de ser intenso, mas é tudo cena!

Nenhum comentário:

Postar um comentário