23 de out de 2011

Guardei.

Peguei tudo que era nosso e guardei.
Guardei pra não juntar poeira, guardei pra esquecer.
Não se assuste, é costume. Guardo tudo que eu tenho e tudo que eu sou.
Mas não tem jeito, ainda vou mudar seu rumo gritando baixinho que te amo mais que tudo na vida.

- Gillian Caetano

3 comentários:

  1. Alma e coração em simples palavras...
    Lindo e singelo, como você!

    Você arrasa, meu querido, amigo, amor. hehehe
    LOVE U!

    ResponderExcluir
  2. cada vez melhor, adorei o texto G! :)

    ResponderExcluir