10 de fev de 2014

Garoto do busão.

Lojas de departamento sempre fizeram seu estilo, na verdade estilo nunca foi o seu forte.
Ele não tem uma carreira, tem carteira assinada, vale alimentação e algumas prestações do "celular lanterna" pra quitar.
Sempre com fones de ouvido dentro do busão, carro está muito longe de ser uma opção.
Na balada ele bebe cerveja, dança sem ritmo e com muita emoção. Falta beleza, beijo na boca e limite no cartão.
Falam mal, não entendem como uma pessoa pode ser tão fora do padrão.
Não há preocupação com o peso, penteado ou brasão. Para o nosso garoto o importante é ser feliz sem manual de instrução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário