23 de jul de 2015

Você é...

Você é o cigarro que faz mal, mas fumo.
Você é a canção de funk que detesto, mas rebolo.
Você é a metade podre da laranja, mas te chupo.
Você é a doença mental que me debilita, mas enlouqueço.
Você é a carta errada do baralho, mas te aposto.
Você é a chave de cadeia, mas vou preso.
Você é mentira, mas me iludo.
Você é álcool barato, mas me embriago. 
Você é a piada ruim, mas me faz sorrir.
Você é droga pesada, mas me vicio.
Você é vírus, mas me infecto.
Você é a mensagem lida e ignorada, mas espero. 
Você é livro de auto ajuda, mas te leio.
Você é álgebra, mas te calculo.
Você é uma merda, mas te amo.

Um comentário: